esqueceram dEle em sua própria festa de aniversário, que vacilo!

pois é, você acredita nisso?

que vacilo!

 

bem dizer da verdade, não teria como Ele ter um aniversário, porque para ter um aniversário é necessário nascer. só que Ele não tinha nascido, Ele já era. Ele sempre existiu, antes mesmo da fundação do mundo.

 

mas por um nobre motivo, Ele decidiu nascer. e seu nascimento foi o maior nascimento da história, porém em uma manjedoura, uma simples manjedoura. 

 

que contraste, não? o maior nascimento da história, em uma manjedoura. baita paradoxo. mas enfim, Ele decidiu nascer, só que quase ninguém se lembra disso.

 

criou se um dia para comemorar seu nascimento, mas esqueceram que o dia era dEle. festejam, comem, bebem, pecam, adoram um gordo de vermelho… mas não se lembram dEle. que vacilo!

 

vou lhe contar uma história, a história de uma menino chamado Yeshua.

 

senta que lá vem história…

 

os aniversários de Yeshua

 

era uma vez uma mulher, de nome Maria, uma mulher temente a Deus. essa mulher ficou grávida de um garoto, mas foi uma gravidez diferente, ela veio de um milagre.

 

milagre esse que seu marido José compreendeu perfeitamente. tanto José quanto Maria, receberam um direcionamento “vocês devem colocar o nome do menino de Yeshua“, e assim o fizeram.

 

a criança nasceu, uma criança comum. cresceu como uma criança comum, ia para escola, brincava na rua…

 

só que tinha um porém, as pessoas gostavam do pequeno Yeshua, mas só o buscavam para pedir sua ajuda a algo. Yeshua era bonzinho, sempre ajudava os necessitados – mesmo sendo pequeno – para ele era um prazer servir aos outros.

 

Yeshua gostava muito de fazer aniversário, para Ele essa data tinha um significado importante: passar tempo de qualidade com as pessoas que Ele ama. 

 

em um certo ano, Yeshua decidiu fazer uma festinha de aniversário, e seus pais super adoraram a ideia. Yeshua então, chamou a todos os seus amigos, familiares, primos… chamou a todos que amava.

 

e todos foram, como Yeshua planejou. era para ser o dia dEle, Ele estava muito feliz, contudo essa felicidade durou bem pouco. 

 

durante a festa, as pessoas nem sequer deram atenção a Yeshua e, quando davam, era para falar de seus desejos para o próximo ano. não se sabe o por que, mas desde sempre as pessoas contavam seus desejos a Yeshua e sempre lhe pediam algumas coisas, mesmo Ele sendo só um garoto. vai entender…

 

as pessoas estavam dando atenção a outras coisas como as luzes pisca-pisca que fora colocada de decoração para a festa de Yeshua, as pessoas davam atenção para as renas de estimação que seu pai tinha, as pessoas davam atenção, principalmente, para um vizinho de Yeshua, o seu Manoel, chamado na vizinhança de Noel.

 

seu Noel era gordinho, risonho, tinha uma barba engraçada e roubou a cena do aniversário de Yeshua, ninguém prestava atenção no garoto. e o pior de tudo, os presentes que compraram para Yeshua, não o deram, começaram a trocar entre si.

 

Yeshua se frustrou muito com seu aniversário, mas no fim das contas queria fazer outra vez, porque mesmo que as pessoas não o dessem atenção, ele gostava de ter as pessoas que Ele amava no mesmo lugar.

 

com isso, todos os anos Yeshua fazia uma festinha de aniversário, sempre simples, já que sua família não tinha muito poder aquisitivo. 

 

todos os anos, os amigos de Yeshua iam a sua festa, mas todos os anos acontecia a mesma coisa, deixavam de dar atenção à Yeshua e davam atenção a outras coisas, geralmente o seu Noel, mas quando não ele, sempre aparecia alguém que roubava a cena.

 

anos se passaram e, agora, o pequeno Yeshua já não era tão pequeno assim, já era um homem, o grande Yeshua. mas, embora o tempo tivesse passado, as coisas permaneceram as mesmas.

 

nos aniversários de Yeshua, Ele era excluído, sempre excluído. era o último a ser lembrado, no dia do próprio aniversário. Ele não se alegrava disso, achava que as pessoas eram ingratas e aproveitadoras, só o buscavam quando necessitavam e, agora já homem, o buscavam e pediam ainda mais.

 

 e assim é até hoje, no aniversário de Yeshua, quase ninguém liga para Ele, quase ninguém se lembra dEle. cantam parabéns, mas não para Yeshua e sim para si mesmos. 

 

por coincidência, hoje é aniversário dEle. não se esqueça dEle, dê um parabéns por seu nascimento, pois este nascimento nos trouxe a salvação.

 

louvado seja o nome de Yeshua Hamashia, nosso Senhor, Jesus Cristo de Nazaré, o filho de Deus. 

 

meu Senhor, a festa pode ser sua, o “aniversário” pode ser seu, mas o presente é nosso. digo por mim mesmo, Senhor, meu maior presente é ser amado por ti, Jesus.

 

obrigado por tudo! 

 

e feliz natal para nós!

 

que Cristo seja exaltado hoje e para todo sempre.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *