Filho meu…

Nos capítulos 12 e 14 de 1 Reis temos o registro do reinado de Roboão. O trecho que melhor resume sua vida está em outro livro, que é 2 Crônicas. No versículo 14 do capítulo 12 descobrimos que Roboão “fez o que era mau, porquanto não dispôs o coração para buscar ao Senhor”.

Quem vê assim pensa que ele foi um homem desamparado e de criação ruim, mas seu pai, Salomão, deixou dois livros dedicados a ele – Provérbios e Eclesiastes. Se Roboão quisesse, teria aprendido com os escritos de seu pai a ser um governante temente a Deus. Infelizmente, ele pegou o caminho do senso comum e mergulhou na jaca (ao invés de só colocar os pés).

Bem no início do reino, por conta dos altíssimos impostos cobrados (situação que Roboão só fez piorar, seguindo o conselho de seus amigos de infância), o povo de 10 das doze tribos pediu arrego e formou a nação de Israel. Já não bastasse isso, ele permitiu que no reino de Judá houvesse idolatria e prostituição (1 Reis 14.22-24), o que trouxe maldição para seu governo.

Guerra nunca faltou para dar mais dor de cabeça ao filho de Salomão. O negócio piorou tanto que o faraó Sisaque saqueou os tesouros do Templo e do palácio do rei (1 Reis 14.25-26). Levou até os escudos dos soldados! Tudo porque Roboão desprezou os conselhos do próprio pai.

O insensato despreza a correção de seu pai, mas o que atende à repreensão consegue a prudência. Provérbios 15.5

Deus espera que nós sejamos filhos obedientes, tanto a nossos pais biológicos quanto a Ele mesmo. Para não correr o risco de esquecer, ficou até como mandamento. Ter respeito aos pais garante que nossa vida seja longa e abençoada (Êxodo 20.12). E ser um filho obediente é sinal que você deseja que seus filhos o respeitem também. Já pensou nisso?

O único caminho para passar a eternidade com o Senhor é tendo uma vida de obediência a Ele (Salmo 24.3-5). E ser jovem não é desculpa para abrir mão da intimidade com seu Pai celestial (Filipenses 2.14-16).

Roboão nos ensinou como um filho NÃO deve ser. Mas sem disposição no coração, fica difícil se tornar o filho que Deus quer que você seja. O Senhor é o melhor Pai que existe e são nossas atitudes com Ele que determinarão se somos bons filhos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *