Plano de leitura bíblica | Ano Novo – Oportunidade pra ler a Bíblia toda

Feliz Ano Novo! Um novo ano se iniciará daqui alguns dias e não consigo acreditar. Obrigado, querido ouvinte, por se juntar a nós por mais um ano. Pastor John, não posso acreditar que estamos fazendo isso há tantas semanas consecutivas. E mais um novo ano está chegando. E isso significa que os cristãos em todo o mundo começarão, ou reiniciarão, o plano de leitura bíblica anual. Então, quero perguntar:

“Você pode defender esta disciplina? Nomeie o plano que você usa. Explique por que você gosta. Explique o ritmo da leitura. E talvez o que você aprendeu depois de fazer isso por tantos anos.”

 

O plano de leitura bíblica que usei mais do que qualquer outro ao longo dos anos, e que usei até o final do ano passado, é o plano de leitura bíblica do Discipleship Journal. Eu apenas pesquisei no Google para ter certeza de que você conseguiria, e você consegue. Você pode acessar a Internet e pesquisar no Google “The Discipleship Journal Bible Reading Plan” (plano de leitura bíblica Diário do Discipulado). Provavelmente o link principal será um PDF gratuito. Você pode imprimi-lo e juntar-se a mim porque vou usá-lo novamente neste próximo ano. Este mesmo plano está incluído em alguns programas bíblicos on-line, como o Logos. Eu uso o Logos e leio minha Bíblia no meu iPad. Ele tem um pequeno recurso que, quando você termina, aparece automaticamente um lembrete para você continuar no dia seguinte, o que é maravilhoso.

Plano de leitura bíblica amplo e profundo

A forma como funciona é – inclusive é por isso que eu uso e recomendo – há quatro lugares diferentes na Bíblia onde você lê todos os dias. Ao ler esses quatro lugares diferentes, você completa a Bíblia inteira em um ano. Dois desses lugares estão no Novo Testamento, dois deles estão no Antigo Testamento.

Acho que é importante cobrir toda a extensão da Bíblia e aumentar a compreensão ano após ano.

Um dos efeitos de ter duas leituras do Novo Testamento e duas do Antigo Testamento é que duas das leituras tendem a ser bem curtas, porque as leituras do Novo Testamento levariam você a ler o Novo Testamento muito mais rápido porque é um livro mais curto do que o Antigo Testamento. Ora, isso tem a grande vantagem de combinar tanto um escopo amplo de leitura quanto uma leitura estreita e intensificada.

Acho que é muito importante que leiamos a Bíblia de ambas as maneiras. A primeira, como comentei, seria ler a Bíblia inteira – embora eu saiba que leremos partes dela rapidamente e não entenderemos tudo o que lemos porque não paramos para pesquisar tudo ou descobrir o que significam as coisas que não entendemos. Entendo isso. Isso também é verdade para mim. Ainda acho importante cobrir toda a gama e aumentar a compreensão ano após ano, em vez de pensar que temos que parar e entender tudo o que lemos.

E a outra forma que acho importante é desacelerar e meditar significativamente, profundamente, sobre alguns versículos ou frases. Não é fácil, admito. Não é fácil manter esse equilíbrio de cobrir o todo e ir fundo em alguns lugares. Mas acho que vale a pena tentar; acho que vale a pena tentar fazer dessas duas formas.

Dias de atualização

Aqui está outra vantagem deste plano de leitura bíblica do Diário do Discipulado – ou seja, ele programa apenas 25 dias por mês para leitura da Bíblia. O que significa que no final de cada mês há cinco ou seis dias sem tarefas. Agora, eu acho que isso é um golpe de gênio, porque a maioria das pessoas desiste de ler a Bíblia durante o ano porque em fevereiro já está atrasada. Eles dizem: “Bem, não há esperança”. Então, em março, eles ficam mais atrás e desistem.

Entretanto, esse plano de leitura bíblica lhe dá cinco ou seis dias no final de cada mês para recuperar o atraso. Mas caso você conseguir ficar em dia, use esses dias extras, é o que eu faço, para memorização ou alguma outra coisa. Gosto de pegar um salmo, digamos, um salmo como o Salmo 25 (no qual trabalhei recentemente). Durante esses cinco dias, tento memorizar o salmo para o qual não teria tempo de memorizar se não fossem esses dias extras.

Ok, então é isso que eu faço; esse é o meu plano. Eu uso isso há anos e anos. Costumávamos usá-lo juntos cem nossa igreja. Se você tiver uma maneira melhor que seja mais adequada para você, tudo bem. Não estou dizendo que esta seja a melhor maneira; estou dizendo que é uma maneira que considero útil.

O objetivo da vida

Acredito que a maior questão para mim e para todos nós não é qual método ou plano você usa ou mesmo se você lê a Bíblia inteira em um ano. Esse não é o ponto principal. A grande questão é: por que você lê a Bíblia e o que acontece quando você a lê? Então, por que nos preocupamos com um plano de leitura bíblica no Ano Novo?

Acho que o objetivo final de todo cristão deveria ser glorificar a Deus em sua vida todos os dias — ou, para usar as palavras de Filipenses 1.20,  “antes, com toda a ousadia, como sempre, também agora, será Cristo engrandecido no meu corpo, quer pela vida, quer pela morte.” Em última análise, existimos neste planeta para fazer com que Deus em Cristo pareça magnífico – para fazê-lo parecer precioso e valioso, para parecer o tesouro supremo que ele é. Esse é o objetivo da vida: fazer com que Deus pareça um tesouro.

Agora, como podemos fazer isso, já que, em nosso pecado, mesmo como crentes, há tantas coisas em nós que estão inclinadas a pensar, sentir ou agir de maneiras que não fazem Cristo parecer grande? A resposta para como fazemos isso é que temos que ver a glória de Cristo. Para vê-lo como glorioso, para ver a magnificência e o valor e a beleza e a grandeza e quão Cristo é desejável, temos que vê-lo como ele realmente é.

Beba profundamente

Você não pode saborear o que não vê. Você não pode valorizar, desejar, amar, desfrutar e valorizar aquilo de que não tem consciência. Se não desejarmos, valorizarmos, desfrutarmos, saborearmos e valorizarmos Cristo, não o elogiaremos como magnífico naquilo que sentimos, dizemos e fazemos. Cristo é mais glorificado em nós quando estamos mais satisfeitos nele, e não podemos estar diariamente satisfeitos nas profundezas da nossa alma em Cristo se não o vemos e não o saboreamos. O que quero dizer é que isso só pode acontecer por meio de uma meditação constante na palavra de Deus na Bíblia.

De acordo com 2 Coríntios 4.4, a glória de Cristo brilha através do Evangelho – isto é, através da narrativa, da história, da mensagem das boas novas das Escrituras. Vemos a glória de Cristo na palavra de Deus. Nós o encontramos nas Escrituras. E então, em 2 Coríntios 3.18 diz que ao ver a glória, somos transformados na mesma glória, de glória em glória.

Então, se quisermos ver a glória e saborear a glória e nos tornar imagens da glória para outros verem, temos que ver Cristo. Isso só acontece quando meditamos na Bíblia. Mas é claro, estou presumindo algo. Isto implica ler a Bíblia de uma certa maneira. Significa que neste novo ano, a todo momento estamos clamando pelas páginas das Escrituras que estão diante de nós. Estamos clamando a Deus para que o ato sobrenatural do seu Espírito abra os olhos dos nossos corações para ver coisas espetaculares, belas, gloriosas, maravilhosas e valiosas na Bíblia.

A razão pela qual leio a Bíblia é porque estou completamente morto sem Cristo e sua palavra. Mas quero que toda a minha vida – cada parte dela – seja gloriosa. Quero que a vida seja bela. Quero que a vida seja muito mais do que ela seria se eu estivesse sozinho nesta vida. Quero ver como a realidade é surpreendente a cada passo – cada pessoa, cada pedra, cada árvore, cada animal, cada obra de salvação.

Eu sei que, sozinho, sou um fracasso absoluto. Estou em branco, nada profundo, nada comovente, nada intenso, nada belo, nada precioso, nada doce ou maravilhoso – apenas vazio, imóvel, navegando de uma preocupação mundana para outra. Há uma esperança para John Piper neste novo ano: que eu tenha olhos para ver a magnificência de Deus em todas as coisas – ou seja, que Deus se agrade em minha leitura da Bíblia para me fazer ver a glória que realmente está lá. É por isso que lemos a nossa Bíblia: para ver a glória, para saborear a glória, para sermos moldados à imagem da glória de Deus, para mostrar a glória e para que Deus seja engrandecido à medida que estamos satisfeitos nele.

É por isso que estou imerso na Bíblia todos os dias e a leio durante todo o ano por meio de um plano de leitura bíblica. Eu realmente espero que você se junte a mim. É uma missão incrível.


Conheça os livros de John Piper pela Editora Fiel – clique aqui.

Veja mais episódios do John Piper Responde – clique aqui!


Fonte: https://voltemosaoevangelho.com/blog/2023/12/plano-de-leitura-biblica-ano-novo-oportunidade-pra-ler-a-biblia-toda/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *