Figueiras secas

E, de manhã, voltando para a cidade, teve fome;
E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ela, e não achou nela senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti! E a figueira secou imediatamente.
Mateus 21:18,19

A figueira é a árvore que produz figos. Nela, primeiro nascem os figos, e depois as folhas. Essa é uma informação importante pra entendermos exatamente o que ocorreu no texto acima.

Então, quando Jesus olha para a figueira e a vê cheia de folhas, surge a presunção de que há frutos nela. Mas Cristo, procurando-os, nada encontra.

A aplicação individual desse texto para nossas vidas pode trazer importantes reflexões: imagine-se como a figueira. Haverá o dia em que Jesus virá procurar frutos em você. Será que você os tem produzido? É muito comum que nós sejamos vistosos, com aparência de piedade. Estamos sempre na igreja, estamos sempre participando de todos os eventos e programações, estamos sempre com a Bíblia (lendo ou não…). Mas o que nós estamos fazendo na prática? Será que é tudo só aparência, como as folhas? Estamos agindo com base em todo o conhecimento que a Palavra nos dá, ou estamos apenas fingindo ser o que não somos só pra não ter que justificar pra ninguém as coisas ruins que fazemos? Muitas vezes podemos nos preocupar com o que os outros estão pensando ou sabendo, mais até do que com o que o próprio Deus pensa ou sabe, já que nada podemos esconder dele. No entanto, caímos em um grande erro pensando assim, pois já nos ensina Pedro:

Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens.
Atos 5:29

Meus irmãos, o Pai nos está dando tempo, oportunidade para que produzamos os frutos que precisamos produzir para o tempo da colheita. O Senhor da terra virá buscar os frutos. O que temos para oferecê-lo? A vida cristã é muito mais intensa do que dar um check na leitura bíblica e na oração diárias, ela exige comprometimento integral. Tudo o que pensamos, tudo o que sentimos, tudo o que falamos e tudo o que fazemos, absolutamente tudo, precisa ser feito para o Cordeiro.

Já nos adverte o texto de Mateus: se não tivermos os frutos quando o Filho vier buscá-los, secaremos para sempre. Nós vivemos na expectativa do retorno de Cristo. Imagine não estarmos prontos para receber o Rei! Imagine não termos o que oferecer a Ele (ainda que não sejamos dignos de oferecê-lo qualquer coisa que seja). Ouviremos do Mestre: “Nunca mais nasça fruto de ti!“, e secaremos imediatamente, para todo o sempre. E seremos lançados no fogo.

Não sejamos assim, irmãos! Roguemos ao Senhor e nos esforcemos para sermos servos fieis que trabalham em amor. Seja a nossa figueira a árvore de Salmos 1.3.

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Salmos 1:1-3

Produza frutos!

Em Cristo,
Lucas

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *